Chat

20 de nov de 2014

Diary Ng Panget

Hi Minna!
Como estão? Já conseguindo avistar as férias! Aliás, não vejo a hora, nunca esperei tanto para as férias como agora (talvez, seja porque termino o Ensino Médio esse ano o/). Ando assistindo muitos filmes, acho que esse ano foi mais de filmes asiáticos do que os doramas, mas hoje eu vim compartilhar uma experiencia nova com vocês. Vim falar de Diary ng Panget.
                                         
                                         
Diary ng Panget é um filme filipino. Isso mesmo que você leu, filipino (tá ai o motivo o porque o nomeei de "experiência nova", já que nunca antes eu tinha assistido um filme filipino). O que posso dizer sobre ele? Ele é de fato muito engraçado... Cliché? Muito obvio? Sim, e isso foi! Mas eu estava tão maravilhada por está assistindo algo sem ser da Coreia, Japão ou China, que eu nem liguei pra esse fato. Vamos para a sinopse:

                               
O filme basicamente fala sobre Eya (Nadine Lustre), uma menina pobre,órfã e feia, que ao completar 18 anos foi expulsa da casa da tia, e procura desesperadamente um lugar para morar e um emprego. Até que ela aceita trabalhar como empregada pessoal de Cross (James Reid), um jovem bonito, desejado e que trabalha como modelo. Tanto Cross como Eya no começo, não se dão bem, já que Cross é do tipo arrogante e Eya do tipo que não leva desespero pra casa! Mas, com a convivência os dois vão se tornando bem íntimos e vão se apaixonando um pelo o outro. Nesse meio tempo, Eya entra em uma nova escola e conhece e faz amizade com Lory (Yassy Pressman) que é completamente apaixonada por Cross, e Chad (Andre Paras) que é apaixonado por Lory (já viu né, um q gosta do outro e do outro que gosta do outro e assim vai).
                                    
Uma coisa que eu achei super interessante foi o idioma... o tagalo. É uma mistura de inglês com o espanhol, com a língua filipina.. o dialeto é bem rico. Mas é bem complicado. Choque cultural? Sempre! Igual ao que você e eu sofremos quando vimos o nosso primeiro dorama japonês, coreano ou chinês. Ah e uma observação super importante, Diary Ng Panget é um best seller também filipino de muito sucesso.
Agora personagens:
                     
                                 
Começando com a escritora do diário, Eya. No filme, a sociedade ver ela como "feia", acredito eu que Eya em si não era feia, ela era desleixada (que roupas era aquelas), andava sempre com o cabelo desarrumado, agora o fato dela ter espinhas não a tornava feia, e no caso do filme, ele quis passar isso. Mas mesmo sendo "feia", desleixada, ela nunca ligou pra comentários assim, claro ela tinha auto estima baixa, mas pelo o que a historia vai passando é porque o fato de ser órfã, ser expulsa da casa da tia, e ter uma vida difícil pode ter diminuindo sua auto estima. Gostei muito do personagem de Eya, ela era determinada, forte, não ficava chorando, sofrendo pelos cantos porque personagens assim é o ÓH!! Gostei muito da atriz Nadine Lustre ela é uma fofa (aliás todo o elenco é!)

                                 
Temos o nosso garoto arrogante Cross! Cross é filho de homem muito rico, e é super mimado e tem o que quer na hora que quer, ele estuda na mesma escola que Eya, e é super, ultra, mega cobiçado. Quando Eya começa trabalhar pare ele, ele a trata super mal, refere-se a ela por "Feia". Ainda sim, ele vai se apegando e muito a Eya. O relacionamento dos dois é bem legal, a química do casal foi bem gostosinha de assistir. E, James Reid, eita homem bonito! Ai... Ai...

                                
Temos Lory, uma aluna inglesa, que atualmente estuda na Filipinas... mas que conhece Cross desde da infância, e que desde então ela vive um amor unilateral por ele. Ela é meio que "fada madrinha" de Eya, as duas se torna super amigas. Eu achei o personagem dela super estilosa, a historia dela não teve muito espaço, mas, gostei muito da atuação da Yassi Rossman, uma fofa.
                                
E por fim, não menos importante, Chad. É o melhor amigo (lindo) de Eya e super apaixonado por Lory. Chad é um fofissimo, sempre apoiando Eya em situações complicadas, é do tipo "o melhor amigo que todo mundo quer ver". Eu amei esse personagem.. mas a historia dele não teve muito espaço (em relação dele com a Lory). Andre Prass é um ótimo ator! Gostei muito dele.

Onde encontrar?
                           
Eu assistir online pelo Dopeka (tradução muito boa e completa em português), mas também tem pelo Viki (mas, parece que só tem em inglês e ainda está incompleta a legenda), eu ainda não vi nenhum fansub traduzindo, ou ele disponível pra baixar, mas assim que eu descobrir, eu coloco o link aqui nos comentários!

Trailer
Pra dar aquela aguinha na boca, confira o trailer do filme:
Bom pessoas, é isso! Tá acabando o ano e esse filme é uma ótima pedida pra quem quer ver algo diferente e curtir com uma pipoquinha agora nas férias. Bom, logo mais volto com mais dicas de filmes, afinal, filmes e férias é uma combinação perfeita né? Kissus!






4 comentários:

  1. Gostei da sugestão ! A história é bem clichê mesmo, mas vou dar uma olhada, clichê as vezes é bom kkk E o choque de cultura eu entendo perfeitamente, nunca vi um filipino , esse vai ser o primeiro,vou conferir :)

    www.itazuradramas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sandi é algo TOTALMENTE diferente do que estamos acostumadas a ver... vale a pena! Obrigada por vir aqui! Kissus! :)

    ResponderExcluir
  3. É um clichê,mas um clichê Filipino então é diferente em vários aspectos.Resumindo cumpre o seu papel de entreter.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Exatamente por seu um clichê diferente que faz o filme ser bom!

      Obrigado pelo comentário <3
      Kissus da Tia Linne!

      Excluir

Os comentários são moderados para evitar palavrões e ofensa ao próximo, não impeço comentários que apenas vai contra a opinião de outros mas sim aqueles que ofendem. De resto opine a vontade sobre a postagem a produção ou ator em questão.

Imagens no Tumblr

Google+ Seguidores